MUNICÍPIO  |  REGISTO  |  DOCUMENTOS  |  CONTACTOS  |  SIGA-NOS: | | | |

System Messages

Centro de Negócios e Serviços Partilhados do Fundão vence prémios RegioStars 2018

Subtítulo

Promovidos pela Comissão Europeia

Imagem destaque

O Centro de Negócios e Serviços Partilhados do Fundão é um dos vencedores dos Prémios RegioStars 2018. Os vencedores foram hoje, dia 9 de outubro, anunciados, em Bruxelas, pela Comissão Europeia, na Cerimónia Oficial dos RegioStars, enquadrada na Semana Europeia das Regiões e Cidades.

 

O júri da Comissão Europeia decidiu premiar o Centro de Negócios e Serviços Partilhados do Fundão, distinguindo-o como um dos melhores projetos de política e coesão, numa cerimónia presidida pela Comissária para a Política Regional, Corina Creţu.

 

Os Prémios RegioStars têm como objetivo identificar boas práticas em desenvolvimento regional e destacar projetos originais e inovadores que sejam atrativos e inspiradores para outras regiões.

 

O Centro de Negócios e Serviços Partilhados foi financiado pelos fundos da União Europeia, através Programa Centro 2020, no valor de 2 milhões de euros. Concebido como motor da estratégia local de inovação e investimento, este projeto permitiu atrair 14 empresas TICE e criar 500 postos de trabalho altamente qualificados numa cidade de cariz rural com menos de 15.000 habitantes. Em quatro anos, o projeto impulsionou um ecossistema integrado que gerou 68 startups e deu suporte a mais de 200 projetos de investimento privado, apostando no R&D, em iniciativas pioneiras de conversão profissional e nas competências digitais.

 

Para Paulo Fernandes, Presidente da Câmara Municipal do Fundão, “este prémio é simultaneamente uma grande honra e uma enorme responsabilidade. É uma honra, porque o Fundão, um município de baixa densidade da região Centro, vê assim reconhecida no espaço europeu a sua estratégia de desenvolvimento focada na criação de valor, atração de investimento, emprego e inovação, apresentando-se numa Europa que quer promover a coesão como um bom exemplo na aplicação de fundos estruturais com base em critérios de sustentabilidade e impacto na economia local e regional. É igualmente uma enorme responsabilidade porque este reconhecimento nos incentiva a continuar a aposta e o trabalho no desenvolvimento e reforço desta estratégia que articula tradição com inovação, procurando que a comunidade seja cada vez mais o centro do projeto num território aberto ao mundo e às pessoas”.

 

Para Ana Abrunhosa, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional da Região Centro (CCDRC), “este prémio permite-nos tirar várias conclusões:  a imagem que os europeus têm de nós é muitas das vezes melhor do que a que temos de nos próprios; num momento de negociação do próximo pacote financeiro da política de coesão o país tem argumentos adicionais que lhe permitem comprovar o bom uso que faz da solidariedade europeia;  finalmente, o projeto vencedor revela que é possível fazer muito com poucos recursos, em territórios muito frágeis, desde que se alie liderança com estratégia e se transformem os desafios da interioridade em vantagens competitivas”.

CÂMARA MUNICIPAL DO FUNDÃO

Praça do Município
6230-338 Fundão
Portugal

T. (+351) 275 779 060
F. (+351) 275 779 079
E. geral@cm-fundao.pt